Impressora de órgãos é uma realidade

A falta de órgãos doados e a rejeição do órgão transplantado pelo corpo do paciente, a médio prazo, deixarão de ser problemas.

Existem diferentes técnicas em desenvolvimento e algumas em prática, que o cirurgião Anthony Atala explica na palestra no video abaixo.

As mais fascinantes são:

  • A impressão 3D do órgão usando células do próprio paciente desenvolvidas em laboratório a partir de uma pequena amostra do órgão do paciente. No video é demonstrado um rim impresso com uma destas impressoras.
  • A impressão do órgão completo ou de células para corrigir um ferimento directamente no paciente. Um scanner constrói um mapa da superfície do paciente e depois são injectadas as células. No video é apresentado esse projecto.

Deixar uma Resposta

Você precisa estar logado para postar um comentário.